domingo, 23 de outubro de 2011

Um santo juízo de Deus

São Bernardo havia ido à Aquitânia, a fim de reconciliar com a Igreja o duque daquela província.

Como o duque se recusasse a toda forma de reconciliação, São Bernardo, ao celebrar uma missa, consagrou a Hóstia, colocou-a na patena e saiu com ela da Igreja.



Então, imprecando com voz terrível o duque que ali se encontrava, e que na condição de excomungado permanecia fora da igreja, sem ousar entrar, Bernardo lhe disse:
— Nós te pedimos gentilmente e tu recusaste nossas súplicas. Eis agora que se aproxima de ti o Filho da Virgem, o Mestre supremo da Igreja que tu persegues! Eis que se aproxima de ti o teu Juiz, nas mãos do qual será pesada tua alma! Ousarás desprezá-lo como aos seus servidores?

O duque sentiu então os seus membros enfraquecerem, e se prosternou aos pés de Bernardo. Este, tocando-o com a sandália, ordenou que se levantasse para ouvir a sentença de Deus. O duque levantou-se, tremendo, e cumpriu tudo o que Bernardo lhe ordenou.


(Fonte: Jacques de Voragine, "La Legende Dorée")


GLÓRIA CRUZADAS CASTELOS CATEDRAIS HEROIS CONTOS CIDADE SIMBOLOS

Voltar a 'Glória da Idade MédiaAS CRUZADASCASTELOS MEDIEVAISCATEDRAIS MEDIEVAISHERÓIS MEDIEVAISCONTOS E LENDAS DA ERA MEDIEVALA CIDADE MEDIEVALJOIAS E SIMBOLOS MEDIEVAIS

Um comentário:

  1. As histórias de São Bernardo, são sempre uma benção! Nos ajudam a seguir na caminhada.......obrigada....Denise

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário! Escreva sempre. Este blog se reserva o direito de moderação dos comentários de acordo com sua idoneidade e teor. Este blog não faz seus necessariamente os comentários e opiniões dos comentaristas. Não serão publicados comentários que contenham linguagem vulgar ou desrespeitosa.