domingo, 4 de julho de 2010

Beato Carlos Magno: imperador cultuado em diversas dioceses

Em Carlos Magno, rei dos francos o Papa São Leão III instituiu o Sacro Império Romano Alemão.

O histórico fato aconteceu na noite de Natal do ano 800. Na basílica de São Pedro, no Vaticano, conserva-se no chão a pedra sobre a qual deu-se a coroação.

São Leão III instituiu o Sacro Império Romano Alemão no Natal de 800
Carlos Magno é cultuado como Bem-Aventurado em diversas dioceses antigas e prestigiosas da Europa.

Nessas dioceses as imagens do Beato Carlos Magno se encontram nos altares. No dia de sua festa, há missa e ofício próprios.

Por isso, o avalizado Dom Guéranger, no seu famosíssimo Année Liturgique inclui a seguinte oração litúrgica ao grande Beato Carlos Magno.

Salve, ó Carlos, bem-amado de Deus, Apóstolo de Cristo, defesa de sua Igreja, protetor da justiça, guardião dos costumes, terror dos inimigos do nome cristão!

O diadema maculado dos Césares, mas purificado pelas mãos de Leão, coroa a vossa fronte augusta; o globo do Império repousa em vossa forte mão; a espada dos combates do Senhor, sempre vitoriosa, está suspensa em vosso cinturão; e a unção imperial veio se unir à unção real, com a qual a mão do Pontífice já tinha consagrado vosso braço poderoso.

Transformado na figura de Cristo na Sua Realeza temporal, quiseste que Ele reinasse em vós e por meio de vós.


Carlos Magno, mosaico no exterior de São Pedro, Roma
Ele vos recompensa agora do amor que tivestes por Ele, do zelo que mostrastes pela sua glória, do respeito e da confiança que testemunhastes à sua Igreja. Em troca de uma realeza terrena, caduca e perecível, recebestes uma realeza imortal no seio da qual tantos milhões de almas, arrancadas por vós da idolatria, vos honram como instrumento de sua salvação.

Nesses dias em que celebramos o nascimento de Nosso Senhor por Nossa Senhora, vós lhe apresentais o templo gracioso e magnífico que construístes em sua honra [Aix-la-Chapelle], e que ainda hoje é objeto de nossa admiração.
Foi nesse santo lugar que vossas mãos piedosas colocaram os panos de seu Divino Filho.